A página TH está disponível para os navegadores: Google Chrome, Ópera, Firefox, Edge e Internet Explorer nas versões 10 e 11 .

Atualização de Dados: integre essa ideia

Atualizar dados por integração. Esse é o conceito que precisamos entender melhor, para acompanharmos um mundo cada vez mais digital, veloz e conectado.

Estamos na era do Big Data, onde um grande volume de informações trafega online, em diversas fontes, sistemas e, nem sempre, com a qualidade e recência necessárias. O desafio é justamente manter essa massa de dados atualizada, dentro das leis vigentes e organizá-la de forma integrada. Dessa maneira, os dados se transformam em conhecimento, para ações estratégicas e decisões de negócio mais efetivas.

Essa integração via API (Application Programming Interface) é uma maneira de conectar sistemas digitais, oferecendo mais valor para governança empresarial. Não é à toa que 80% das empresas já usam APIs públicas ou privadas, de acordo com a pesquisa global “Relatório Connectivity Benchmark 2020 (MuleSoft), realizada com 800 CIOs.

Mas porque utilizar uma API na atualização do cadastro?

Vamos entender melhor alguns desses valores:

  • Melhoria na gestão: Quando os softwares estão integrados, a medição de performance de eficiência se torna mais precisa e os dados podem ser melhor utilizados em ações táticas de vendas e marketing;
  • Redução do custo operacional: Através de APIs é possível reduzir o trabalho manual das equipes e ainda aumentar a velocidade na troca das informações. Também possibilita uma integração mais ágil de sistemas que sejam incompatíveis e reaproveitamento de consultas por cache;
  • Segurança: é possível obter maior controle sobre as permissões de acesso. As APIs também criam um tipo de ponte entre os sistemas, onde apenas conjuntos específicos de informações estarão disponibilizados;
  • Conformidade com leis: dados integrados viabilizam um controle maior e, por conseqüência, apoiam o compliance no cumprimento à LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados.

Podemos ajudá-lo nesse processo

Sim, a Sistemas TH oferece uma consultoria técnica para juntos alinharem a melhor plataforma de enriquecimento do seu cadastro de clientes, avaliando cada momento deste processo. Dentro deste contexto, sugerimos nossa API SIP WS, visando a manutenção deste cadastro higienizado e o sistema browser SIP WB, na esteira de exceção.

Oferecemos diferenciais importantes, tanto em conectividade, segurança, layout e redução de custo, quanto em informações atualizadas em tempo real e em conformidade com a LGPD.

Integre essa ideia e atualize sua base com ganho em produtividade.

Por dentro da API: Entenda a plataforma e porque utilizá-la

O mundo corporativo já acordou para a importância dos dados. A estimativa é de uma produção global em torno de 40 trilhões de gigabytes de dados até 2020, conforme estudo da consultoria EMC – “A Universe of Opportunities and Challenges”.
Mas como absorver (e processar) toda essa massa de informações de forma mais segura, veloz e inteligente?

A resposta é simples: Application Programming Interface.
Sim, as APIs já deixaram de ser apenas componentes de tecnologia para serem fundamentais nas estratégias digitais das empresas; estão muito mais relacionadas com Negócios do que propriamente com TI.

Entendendo um pouco sobre essa interface
Dentro desse universo, a plataforma Web Service é uma API projetada para se comunicar via rede, através dos protocolos SOAP, REST ou XML-RPC, de acordo com a opção tecnológica de cada empresa; funciona como uma ponte, integrando sistemas e transportando dados entre empresas e servidores.
Para se ter ideia do crescimento desta tecnologia, levantamentos feitos pela Sensedia e IDG, em 2018, relatam que corporações nacionais, que utilizam esse tipo de estratégia, apresentaram evolução bastante significativa. No mundo, 75% das empresas unicórnios possuem plataformas, ou seja, dependem de APIs para criação dos ecossistemas em torno delas, apresentando um crescimento médio 20 vezes mais rápido do que as companhias tradicionais. Ainda de acordo com esses estudos, 77% das empresas entrevistadas disseram usar essa interface em seu ambiente de negócios. Com relação aos objetivos estratégicos dessas organizações, 45% das médias empresas e 57% das grandes usam o web service para estimular a Inovação. Outro ponto interessante é que o uso de APIs se mostra maior nos segmentos de finanças, TICs (software, TI e telecom) e e-commerce.

Sua empresa também precisa seguir nesta integração
Apresentamos algumas vantagens que são observadas:
Segurança: maior controle sobre as permissões de acesso ao software e hardware da empresa. A API identifica as pessoas que tentaram acessar o sistema e a localização de onde partiu a requisição. Além disso, você pode decidir sobre quais informações ficarão disponíveis no momento da integração;
Agilidade: integração mais ágil e amigável de sistemas, além de maior rapidez na troca de informações, com economia operacional (tempo, recursos financeiros e dados utilizados no trabalho);
Redução de trabalho manual: automatização da extração de grandes volumes de dados em menor tempo;
Inovação: é possível se parametrizar diferentes chamadas a partir de cada estratégia.

Como a Sistemas TH pode agregar soluções pela plataforma web service?
A partir deste cenário digital, a Sistemas TH oferece a plataforma SIP WS, que permite melhor performance e configuração em operações críticas, de fácil integração e que reduz, substancialmente, os custos de tecnologia. Além disso, permite acesso a informações atualizadas e soluções customizadas, para Validação e Enriquecimento Cadastral, como as que seguem:
Apoio à prevenção de fraude: solução web service que permite não só a validação cadastral para a decisão do motor de crédito já utilizado pela empresa, mas também admite a atribuição de scores para cada dado avaliado e quizzes, para uma decisão mais rápida, segura e efetiva. São mais informações e menor investimento;
Cobrança: a API desenvolvida pela Sistemas TH para este segmento foi desenvolvida para permitir o consumo da informação somente quando requisitada, gerando independência, redução de custos, personalização de requisições de acordo com a estratégia de cada carteira, além da facilidade na integração dos sistemas e segurança da informação.

Conte também com nosso suporte técnico nas definições de acessos, de estratégias e na homologação.

Otimize seus processos e contate nossa equipe TH!

Fraude no e-commerce: mercado se mostra alerta!

O comércio eletrônico brasileiro cresceu 12% no Brasil e teve um faturamento superior a 53 bilhões em 2018, de acordo com estudos do Ebit/Nielsen. São números bem expressivos, considerando fatores negativos ocorridos, como a greve dos caminhoneiros, quando o comércio eletrônico deixou de faturar cerca de R$ 400 milhões no país.

Diante desse crescimento expressivo no ano passado, é bom analisarmos também como a Fraude on-line vem se comportando em 2019. Afinal, a fraude gera grandes perdas, não só no aspecto financeiro, mas também no relacionamento, podendo gerar grandes desgastes entre a loja virtual, meio de pagamento e consumidor.

Uma tentativa de fraude a cada 6,5 segundos!

Sim, foram cerca de 220 milhões de pedidos realizados pelo comércio eletrônico brasileiro, com quase 5 milhões de investidas criminosas contra lojas virtuais em nosso país (fonte: Associação Brasileira de Comércio Eletrônico-ABComm).

A taxa de tentativas de fraude contra lojas virtuais até sofreu uma queda em torno de 27%, de acordo com estudos realizados pela Konduto. Contudo, atenção, porque essa queda não pode ser avaliada como sendo quantitativa e sim, qualitativa, considerando que houve um aumento maior nas transações eletrônicas e no amadurecimento do e-commerce, que se mostra muito mais preparado.

O que o mercado vem percebendo em 2019?

  • As estimativas de crescimento durante o ano é de 19%, representando um aumento significativo de quase R$ 80 bilhões (ABComm);
  • Busca por modelos ou tecnologias inovadores para combate à fraude, com compartilhamento de conhecimento entre as empresas envolvidas no processo: grandes lojas virtuais, meios de pagamento, emissores de cartão, bancos e sistemas antifraudes;
  • A tecnologia NFC (near field communication), de pagamento por aproximação de cartão, vem crescendo em todo mundo, gerando uma atenção maior para os riscos de fraude e roubo de dados nas transações efetuadas;
  • Importância da validação de dados cadastrais, na análise de risco e prevenção à fraude, tendo como origem empresas especializadas e com credibilidade no mercado;
  • Os produtos e serviços mais visados para fraude continuam sendo os que possuem maior liquidez, como eletroeletrônicos, e-wallets, passagens aéreas e rodoviárias e autopeças;
  • Novas formas de fraudes on-line, que cada vez são mais criativas, versus a falta de leis eficazes, no Brasil, para punir e investigar crimes cibernéticos, representando um risco crescente e perigoso.

Perante esse cenário, buscar parceiros confiáveis, que oferecem suporte durante todo o processo de venda digital, seguramente é um primeiro passo a seguir pelo e-commerce.

A Sistemas TH possui tecnologia de ponta integrada e soluções de apoio à prevenção de fraude, considerando informações cadastrais qualificadas, que minimizam a fraude de subscrição, a partir da rede de relacionamento familiar e comercial dos compradores. Essas soluções TH podem também subsidiar sistemas de gestão de Fraude, que se utilizam do machine learning e big data. Além disso, oferece conexões seguras, através de IPs fixos de internet, estabilidade, com o melhor tempo de resposta e servidores com dupla abordagem de contingência, estando em conformidade com as leis vigentes de proteção aos dados pessoais; também disponibiliza acessos otimizados à Receita Federal, para o status de pessoas e empresas, a preços mais competitivos.

Permaneça alerta e minimize suas perdas pela fraude no comércio eletrônico.